Firmas portuguesas finalistas dos African Legal Awards 2017

segunda, 07 agosto 2017 14:11

A Cuatrecasas, DLA Piper, Miranda, PLMJ e Vieira de Almeida (VdA) estão entre os nomeados aos African Legal Awards 2017.

A rede internacional da PLMJ conta com nomeações em oito categorias, através da TTA - Sociedade de Advogados, parceira em Moçambique, e do GLA - Gabinete Legal Angola, parceiro em Angola. Ambas estão na shortlist a equipa do ano em “Litigation and Dispute Resolution”, “Employment Law”, “Transportation and Infrastructure” e “Property and Construction”, assim como a “African Law Firm of the Year - Small Practice”, candidatura que partilham com a Couto, Graça e Associados, parceira da Cuatrecasas em Moçambique. O GLA está ainda nomeado a equipa do ano em “Banking, Finance and Restructuring” e a TTA em “M&A” e ao prémio “CSR, Diversity, Transformation and Economic Empowerment Award”, cuja nomeação divide com a DLA Piper. Na shortlist de “African Network/Alliance of the Year” estão a DLA Piper Africa, a Miranda Alliance e a VDA Legal Partners. E a “Innovation Award (law firm)” são candidatas a DLA Piper e a VdA.

Os “The African Legal Awards 2017”, promovidos pela publicação britânica Legal Week e pela Corporate Counsel Association of South Africa (CCASA) visam premiar, anualmente, a “excelência e o profissionalismo” da advocacia de negócios no continente africano.

O vencedor será anunciado no dia 8 de setembro, numa cerimónia que terá lugar em Joanesburgo (África do Sul).

advocatus@briefing.pt