João Miranda de Sousa

segunda, 30 janeiro 2017 17:39 Managing partner da Garrigues

João Miranda de SousaFoi o gosto por reduzir complexidades e resolver problemas que levou João Miranda de Sousa a ser advogado. Hoje é managing partner da Garrigues, além de responsável a nível ibérico pelo departamento de propriedade industrial e intelectual da sociedade.

Antes, passou pelas instituições europeias – foi jurista principal no Banco Europeu de Investimento e diretor de assuntos gerais e relações exteriores do Instituto Europeu de Marcas e Desenhos – e pela vida académica - foi assistente da Faculdade de Direito da Universidade Católica Portuguesa, onde se licenciou.

Viagem mais marcante
Travessia da Costa Rica percorrendo com a minha mulher caminhos e zonas não assinaladas nas típicas rotas turísticas e descobrindo cenários deslumbrantes.

Destino para escapadinha em Portugal
Portugal está recheado de sítios ótimos para escapadas. Um de que gosto muito é a ilha da Madeira: clima abençoado, mar azul intenso, vegetação exuberante, pessoas acolhedoras.

Recanto em Lisboa
Jardim da Estrela.

Carimbo que falta no passaporte
Faltam muitos. Por exemplo, o do Perú, país onde atualmente vive e trabalha o meu filho mais velho.

Hobbies
Gosto muito de cinema e de fazer trekking. Apaixonei-me pelas marchas de montanha há mais de 25 anos. A minha mulher também é fã. Fizemos caminhadas fantásticas como a de subir ao topo do Teide partindo do nível do mar numa marcha de mais de 12 horas ou a de percorrer o Caminho (francês) de Santiago.

Livro
Um livro que li na minha adolescência e que de alguma forma me marcou foi O Fio da Navalha de Somerset Maugham. Encheu-me as medidas. A escrita, a história, as personagens, o tema. Ajudou-me a ver a vida com olhos de ver e a procurar norteá-la pelas essências e não pelas aparências.

Restaurante
O Diverxo e o Landó, em Madrid. O Dona Júlia, em Braga.

Prato
Lampreia à bordalesa. Não encontrei ainda nenhuma que igualasse a que fazia a minha mãe. Mas ainda assim continua a ser o meu prato preferido.

Bebida
Gin Tonic. Depois do jantar. Com amigos.

Série
Não sou um grande fã de series de televisão. Praticamente não vejo televisão. Uma, que por acaso vi recentemente duma assentada e que me pareceu interessante tanto pela temática e como pela qualidade do guião e das interpretações, foi “Narcos”.

Filme
Gostei de tantos. É difícil destacar. Um dos que mais mexeu comigo e que vi várias vezes foi o Apocalipse Now.

Banda sonora da vida
Uma que me fascinou é a do filme O Império do Sol. A versão do tema "Suo Gân" (canção tradicional galesa) é sublime.

Um advogado de referência
Atticus Finch (personagem do mítico Por favor não matem a Cotovia). Um modelo de coragem, de serenidade e de integridade. Um pai excelente, um cidadão excelente e um advogado excelente.

Um exemplo de vida
A minha mãe.

O que lhe falta fazer
Tantas coisas. Mas falta-me sobretudo fazer muito melhor aquilo que penso que faço razoavelmente bem.

Sou advogado porque
Gosto de reduzir complexidades e de resolver problemas.

Se não fosse advogado seria
Diplomata.

advocatus@briefing.pt

Mais nesta categoria: « Vitor Marques da Cruz