Advogados especializados são os mais procurados

quarta, 08 fevereiro 2017 17:07

Os advogados especializados estiveram, em 2016, no topo das prioridades de recrutamento e deverão a continuar a ser muito procurados neste ano, revela o Guia do Mercado Laboral 2017 da Hays.

Também a subir nas contratações do setor legal estão os advogados internos nas empresas e os perfis de marketing e comunicação.

Entre os menos solicitados, estão, por seu turno, perfis não jurídicos como comerciais – “à medida que o desenvolvimento comercial vai sendo assumido pelos próprios advogados” e os contabilistas ou técnicos de faturação – “uma vez que são perfis com uma menor tendência para a rotatividade ou procura de novos projetos profissionais”.

Para 2017, o guia perspetiva que “continuará a ser necessário apostar na divisão dos departamentos jurídicos em equipas mais especializadas, bem como na criação de novas áreas”. Uma necessidade que “continuará a potenciar a procura por perfis especializados e simultaneamente a diminuir o interesse do mercado por advogados generalistas”. O relatório indica também que “dada a crescente procura por advogados internos para departamentos jurídicos em empresas de diversos setores de atuação, a solução para os advogados com background mais generalista poderá passar pelo cliente final, onde é mais valorizado um perfil que consiga dar apoio de forma transversal a assuntos jurídicos mais imediatos do dia-a-dia corporativo”.

A nível salarial, prevê-se que “a oferta se mantenha estável, embora com alguma tendência de aumento (ainda que ligeiro) no caso de advogados mais especializados, dada a crescente procura por parte de sociedades de advogados”.

O documento revela ainda que: 72% dos advogados consideram mudar de emprego em 2017; 44% não negociaram pacote salarial atual; e 76% estão disponíveis para trabalhar no estrangeiro. Em 2016, 33% dos advogados foram aumentados, 6% foram promovidos e 33% recusaram ofertas de emprego.

O Guia do Mercado Laboral 2017 da Hays é uma análise detalhada das tendências do mercado de trabalho qualificado em Portugal, com base em inquéritos realizados a mais de 840 empregadores e cerca de 2600 profissionais de todas as áreas.

advocatus@briefing.pt