IFLR 1000: Linklaters é a mais recomendada em tier 1

quinta, 27 outubro 2016 17:49

A Linklaters é a sociedade com mais distinções em Portugal em tier 1 no ranking da International Financial Law Review – IFLR 1000 nas áreas de banking, M&A, restructuring & insolvency; capital markets e project finance.

A sociedade foi distinguida nas cinco áreas de prática em tier 1. Já a Morais Leitão, Galvão Teles, Soares da Silva & Associados (MLGTS) contou com quatro indicações: em banking, M&A, capital markets e project finance.

A Vieira de Almeida & Associados (VdA) foi, por sua vez, indicada em três categorias (banking, M&A e project finance) e a PLMJ em duas (M&A e restructuring and insolvency).

Por último, a Uría Menéndez – Proença de Carvalho foi reconhecida em M&A.

Foram ainda distinguidas várias sociedades em tier 2, 3, 4 e 5, bem como “outras notáveis”.

As recomendações dos rankings IFLR1000 são baseadas nas recomendações de in-house counsels das principais instituições financeiras nacionais e internacionais.

Banking
Tier 1: Linklaters, MLGTS e VdA.
Tier 2: Campos Ferreira, Sá Carneiro & Associados; PLMJ; Uría Menéndez – Proença de Carvalho.
Tier 3: Cuatrecasas, Gonçalves Pereira; Garrigues; e SRS Advogados.
Tier 4: ABBC - Azevedo Neves Benjamim Mendes Carvalho & Associados; António Frutuoso de Melo & Associados; Cardigos; CMS Rui Pena & Arnaut; Gomez-Acebo & Pombo; Macedo Vitorino & Associados; Pedro Pinto, Bessa Monteiro, Reis Branco, Alexandre Jardim & Associados; Serra Lopes, Cortes Martins & Associados; e Sérvulo & Associados.
Tier 5: AAA; Abreu Advogados; Barrocas Advogados; Miranda & Associados; e Raposo Bernardo.

M&A
Tier 1: Linklaters, MLGTS, PLMJ, UM-PC e VdA
Tier 2: Campos Ferreira, Sá Carneiro & Associados; Cuatrecasas, Gonçalves Pereira; e Garrigues.
Tier 3: ABBC - Azevedo Neves Benjamim Mendes Carvalho & Associados; Abreu Advogados; Serra Lopes, Cortes Martins & Associados; e SRS Advogados.
Tier 4: AAA Advogados; CMS – RPA; Gomez-Acebo & Pombo; Sérvulo & Associados.
Tier 5: Caiado Guerreiro & Associados; Cardigos; Carlos Aguiar Ferreira de Lima & Associados; FCB - F Castelo Branco & Associados; Macedo Vitorino & Associados; Pedro Pinto, Bessa Monteiro, Reis Branco, Alexandre Jardim & Associados; e Raposo Bernardo.

Restructuring and insolvency
Tier 1: Linklaters e PLMJ
Tier 2: Cuatrecasas, Goncalves Pereira; MLGTS; UM-PC; e VdA.
Tier 3: CMS RPA; Garrigues; e Sérvulo & Associados.
Tier 4: AAA Advogados; Abreu Advogados; Azeredo Perdigão & Associados; Caiado Guerreiro & Associados; Campos Ferreira, Sá Carneiro & Associados; Cardigos; Gomez-Acebo & Pombo; Macedo Vitorino & Associados; Raposo Bernardo; Serra Lopes, Cortes Martins & Associados; e SRS Advogados.
Tier 5: ABBC - Azevedo Neves Benjamim Mendes Carvalho & Associados; Pedro Pinto, Bessa Monteiro, Reis Branco, Alexandre Jardim & Associados; e Raposo Subtil & Associados.

Capital markets
Tier 1: Linklaters e MLGTS
Tier 2: Cuatrecasas, Gonçalves Pereira; Garrigues; PLMJ; UM-PC; e VdA.
Tier 3: Campos Ferreira, Sá Carneiro & Associados; CMS RPA; e SRS Advogados.
Tier 4: Cardigos; Macedo Vitorino & Associados; Serra Lopes, Cortes Martins & Associados; e SRS Advogados; e Sérvulo & Associados.
Tier 5: Abreu Advogados; Gomez-Acebo & Pombo; e Raposo Bernardo.

Project finance
Tier 1: Linklaters, MLGTS e VdA.
Tier 2: Cuatrecasas, Gonçalves Pereira; PLMJ; e UM-PC.
Tier 3: Campos Ferreira, Sá Carneiro & Associados.
Tier 4: Abreu Advogados; António Frutuoso de Melo & Associados; CMS RPA; Jardim Sampaio Magalhaes & Silva & Associados; Macedo Vitorino & Associados; Sérvulo & Associados; e SRS Advogados.
Tier 5: ABBC - Azevedo Neves Benjamim Mendes Carvalho & Associados; Gomez-Acebo & Pombo; Raposo Bernardo; e Serra Lopes, Cortes Martins & Associados.

advocatus@briefing.pt